Skip to content
Anúncios

O Anjo Aparece a Gideão – Gerbrand van den Eeckhout

The angel appears to Gideon (Gedeone e l'angelo), 1647, Gerbrand van den Eeckhout

The angel appears to Gideon (Gedeone e l’angelo), 1647, Gerbrand van den Eeckhout (Dutch Baroque Era Painter, 1621-1674), Oil on canvas, 78 x 99 cm, Pinacoteca di Brera, Milan, Italy. The subject of the painting has been identified as “The Angel appears to Araunah” (L’Angelo appare ad Arauna)

Gerbrand van den Eeckhout (1621-1674) foi um talentoso pintor da Idade de Ouro da Pintura Holandesa. Foi o aluno favorito de Rembrandt, a quem manteve como um amigo próximo. Van den Eeckhout destacou-se por pintar temas bíblicos, tendo sido diretamente influenciado pelo estilo maduro de seu mestre. A obra acima, “O Anjo Aparece a Gideão”, que se encontra na Pinacoteca em Milão, Itália, remeteria, segundo alguns, ao episódio no livro de Juízes, embora seja oportuno atentar-se para o que relata o texto bíblico: “O Anjo de Iahweh veio e assentou-se debaixo do terebinto de Efra, que pertencia a Joás de Abiezer. Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para salvá-lo dos madianitas” (Jz 6.11).

A mesma obra tem sido também identificada como “O Anjo Aparece a Araúna”, personagem que recebe tal nome no segundo livro de Samuel, conquanto no primeiro livro de Crônicas seja referido como Ornã. “Ora, ao se voltar, Ornã viu o anjo e se escondeu com seus quatro filhos. Ornã estava debulhando o trigo, quando Davi veio ter com ele” (1Cr 21.20). O texto bíblico, no segundo livro de Samuel, informa que “era o tempo da colheita do trigo”, e que a peste cessou quando “o Anjo de Iahweh estava perto da eira de Araúna, o jebuseu” (2Sm 24). Davi comprou o terreno de Araúna e ali foi posteriormente edificado o templo dos judeus, em Jerusalém.

Abaixo, o desenho da mesma cena, que se encontra no Museu Britânico, em Londres.

The angel appears to Gideon (L'Angelo che appare a Gedeone), ca. 1647, Gerbrand van den Eeckhout

The angel appears to Gideon (L’Angelo che appare a Gedeone), ca. 1647, Gerbrand van den Eeckhout (Dutch Baroque Era Painter, 1621-1674), drawing on paper, 24.3 x 33.7 cm, British Museum, London, UK

A pintura abaixo, no mesmo tema, também é atribuída a Van den Eeckhout, e encontra-se no Museu Nacional, em Estocolmo, Suécia. Anteriormente, a tela foi atribuída a Govert Flinck (1615-1660), que também foi aluno de Rembrandt.

The Angel and Gideon (The angel appears to Gideon), 1640, Gerbrand van den Eeckhout

The Angel and Gideon (The angel appears to Gideon), 1640, Gerbrand van den Eeckhout (Dutch Baroque Era Painter, 1621-1674), Oil on canvas, 64 x 75 cm, Nationalmuseum, Stockholm, Sweden. Large size here.  Former attribution: Govert Flinck.

A pintura a seguir, pertencente a uma coleção particular, é definidamente baseada no tema “O Anjo Aparece a Gideão”. A obra tem sido atribuída ao círculo de Van den Eeckhout. Observa-se o anjo assentado debaixo do terebinto, e a postura de Gideão parece transmitir tanto o sentido de reverência, quanto também de reconhecimento de sua insuficiência, como registra o texto sacro: “’Ai, meu Senhor!’ respondeu Gideão, ‘como posso salvar a Israel? O meu clã é o mais pobre em Manassés, e eu sou o último na casa de meu pai’” (Jz 6.15-16).

The angel visiting Gideon (Gideon und der Engel), Circle of Gerbrand van den Eeckhout

The angel visiting Gideon (Gideon und der Engel), Circle of Gerbrand van den Eeckhout (Dutch Baroque Era Painter, 1621-1674), Oil on canvas, 180 x 145 cm, Private Collection

Anúncios