Pular para o conteúdo

Abraham Lincoln (1809-1865)

Sculpture of Abraham Lincoln, Mount Rushmore National Memorial

Sculpture of Abraham Lincoln, Mount Rushmore National Memorial, 1937, Gutzon Borglum (Danish-born American sculptor, 1867-1941) and his son Lincoln Borglum (American sculptor, photographer and engineer, 1912-1986), sculpture carved into the granite face of mount, 60-foot (18 m), South Dakota, USA. The entire memorial covers 1,278.45 acres (5.17 km2) and is 5,725 feet (1,745 m) above sea level.

Abraham Lincoln (1809-1865) foi o décimo sexto presidente dos Estados Unidos e o primeiro presidente do Partido Republicano. Oponente declarado à expansão da escravidão nos Estados Unidos, liderou o país de forma bem sucedida durante sua maior crise interna, a Guerra de Secessão. Governou o país de 1861 até sua morte em abril de 1865, tendo sido o primeiro presidente norte-americano assassinado. Homem de enorme força de vontade e grande senso prático, revelados na forma como se expressava em seus discursos e pensamentos, que, não raramente, também refletiam um inteligente senso de humor. Não era exatamente alguém de aparência física muito boa. Diz-se que ao ser acusado por alguém de ter “duas caras”, ele teria respondido: “Se eu tivesse duas caras, você acha que eu estaria usando justamente esta?” (“If I were two-faced, would I be wearing this one?”). Abaixo, alguns dos mais conhecidos pensamentos que lhe são atribuídos.

“É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do quer falar e acabar com a dúvida”.

(“Best remain silent and be thought a fool, than open your mouth and remove all doubt”. In: Wilbur B. Wood. Your career in agriculture‎. Prentice-Hall, 1953, p. 103)

“Você precisa promover o seu próprio crescimento, não importa quão alto era o seu avô”.

(“You’ve got to do your own growing, no matter how tall your grandfather was”. In: John Gassner, Dudley Nichols. Twenty best film plays. Crown Publishers, 1943, p. 590)

“Se a escravatura não é má, nada é mau”.

(“If Slavery Is Not Wrong, Nothing Is Wrong”. In: Phebe Ann Hanaford. Abraham Lincoln: his life and public services. B.B. Russell, 1865, p. 144)

“Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser pôr à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder”.

(“Nearly all men can stand adversity, but if you want to test a man’s character, give him power”. In: The Reader’s digest. Volume 67, p. 200. DeWitt Wallace, Lila Bell Acheson Wallace. The Reader’s Digest Association, 1955)

“Pode-se enganar todas as pessoas por algum tempo e algumas pessoas durante todo o tempo. Mas não se pode enganar todo o mundo por todo o tempo.”

(“You can fool some of the people all of the time, and all of the people some of the time, but you can not fool all of the people all of the time”. In: Paul McClelland Angle. Abraham Lincoln, by some men who knew him. Ayer Publishing, 1969, p. 73)

“A maioria das pessoas é tão feliz quanto resolve ser”.

(“Most folks are about as happy as they make up their minds to be”. In: Rick Foster, Greg Hicks. How we choose to be happy: the 9 choices of extremely happy people — their secrets, their stories. Perigee, 2004, p. 14)